04/12/16

I'M BACK AND I'M FAT... LESS FAT, PORQUE JÁ ESTOU A TRATAR DISSO ;)




Então Pessoal??? Já não nos víamos há uns tempos!!! Confessem, tinham mais saudades minhas que de um Natal dos Hospitais apresentado pela Ana Marques e o Zé Figueiras (o que deverá representar uma demografia de 4 ou 5 pessoas, mais ou menos isso). Então e o que é que eu andei a fazer, para além de ficar gordo como um guaxinim? Continuem a ler...

O que é que haveria de andar a fazer??? FUI PAI COMO É ÓBVIO! Garanto-vos que hoje em dia ganhei uma enooooooorme dose de respeito pelos leitores que me diziam "pois, mas sabes que com os miúdos não é fácil". Pois não, não é fácil. Ter um filho é efectivamente a melhor coisa do mundo (e não estou a generalizar... se calhar estou, mas é mesmo a melhor coisa do mundo), mas faz-nos saltar de estados de alegria absoluta para cantar o hino a fazer o pino em menos de 30 segundos!!! As prioridades passam a ser outras, o tempo desaparece e planos são coisa de gente sem crias, "e se amanhã combinássemos uma janta", toma lá um pico de febre e uma noite sem dormir e vamos ver quem é que vai jantar :P

Para além do herdeiro, o nosso gabinete ficou de repente cheio de trabalho, GRAAAAAÇAS A DEUUUUS (ler com sotaque brasileiro que tem mais impacto), mas precisamente no momento em que a Filipa (que é 70% da nossa força de trabalho, eu só estou lá para atender o telefone) teve de ficar em casa com o pirralho!!! Para ajudar à festa, este vosso amigo, como é parvo a valer, achou que era uma boa altura para vender o nosso apartamento, comprar uma ruína (que há-de demorar séculos a restaurar) e enfiar-se no T2 da sogra com a esposa e a criança debaixo do braço. GENIAL PORTANTO!

Isto tudo para justificar o "radio silence" do blog e o texugo almiscarado que aparece na foto!
Perdi o meu ginásio na marquise, perdi tempo para ir a um ginásio fora de casa e perdi tempo para cozinhar ou sequer pensar no que vou comer. 
A solução foi respirar fundo, tomar uma decisão executiva e decidir que... NÃO... QUERO... SABER.
E assim foi, dei-me carta branca (ou dei-nos, porque a isto do "não quero saber" a Filipa aderiu sem pestanejar) para não pensar em comida ou exercício durante os primeiros 6 meses do miúdo, que também coincidia mais ou menos com o regresso da Filipa ao gabinete para que pudéssemos organizar minimamente a nossa nova vida. Resultado, os 6 meses já lá vão há 3 e isto continua tudo desorganizado, mas pelo menos nós já nos começámos a habituar que a partir de agora vai ser seeeempre assim!!!

E agora vamos a um exercício perfeitamente idiota em que eu tento canalizar antecipadamente algumas das questões (altamente pertinentes) que vocês poderão ter relativamente a este post:

"Antes demais vamos às formalidades, parabéns pelo miúdo, blá blá blá, está tudo bem com ele, já é Paleo, já faz elevações, começou a falar 7 línguas aos 3 meses só porque vocês não comem gluten?"

Obrigado pá, o miúdo está óptimo, é um porreiro, mas é igual aos outros todos! Umas noites não nos deixa dormir, fica doente semana sim semana não porque já está na creche e a única língua que fala é um "babababababa" que serve para tudo, mas falar sobre o nosso pirralho vai dar pano para mangas e eu prometo que vamos incluir esta nova etapa das nossas vida aqui no blog ;)

"Ok, está bem, então vamos a coisas sérias, o que é que estás a fazer em relação a esse Michelin que tens à cintura?"

Voltei para cima do cavalo Paleolítico, obviamente e montei um novo ginásio caseiro na sala de condomínio do prédio da minha sogra... mas também teremos oportunidade de falar sobre isso mais tarde.

"Hmmm, tá bom, mas isso está a correr bem?"

Umas vezes sim, outras não! Tentei voltar à guerra a seguir à primeira foto da capa em Agosto, mas caí da sela durante as férias. Voltei a tentar em Setembro e tropecei de novo, entretanto decidi recomeçar com "baby steps" (agora todas as conversas vão parar a bebés, hehehe). Só há cerca de dois meses que estou a fazer Paleo regularmente, mas ainda com uns disparates ao fim de semana. Para além disso tenho feito 2 a 3 treinos por semana no meu novo ginásio (mais 2 que 3, brincar com o miudo costuma ser mais forte) com equipamento extremamente limitado, mas tem dado para o gasto!!! Os resultados estão a demorar, mas estão a aparecer devagar, como (espero) que consigam ver na segunda foto da capa!

"Ok, ok, não está mal e tal, mas e a dieta que a Filipa fez antes do casamento, essa não era mais rápida?"

Era, mas essa brincadeira não é pêra doce e obriga-me a "dobrar" alguns dos meus princípios religiosos. Vá, não é assim tão má, pelo menos é o que a Filipa me diz, mas é conveniente ter um mês ou dois de Paleo antes de nos atirarmos de cabeça, senão o mais certo é desistir num instante. Como ainda estava a tentar organizar a minha vida não me apetecia andar 2 ou 3 semanas com vontade de arrancar os olhos com um saca-rolhas!

"Eh pá, mas tinhas prometido no ano passado, a seguir ao post de transformação da Filipa, que ias falar sobre isso e depois ostras, É DESTA que vais partilhar essa dieta com a malta, É DESTA?"

É desta, eu prometo que é desta! O ano passado só a Filipa é que passou por essas semanas de tortura medieval, desta feita já combinámos que a vamos repetir juntos no inicio de Janeiro como resolução de ano novo. Vamos passar-vos informação durante o mês de Dezembro para que possamos embarcar neste desafio todos juntos e em tempo real, que vos parece?

"Parece-me uma excelente ideia, MAS NÃO TE ESQUEÇAS, PORQUE DESTA VEZ NEM SEI QUE TE FAÇO!!! EU VOU AÍ E..."

Ok, ok, respiiiiiira!!! Não te convém esqueceres que és um leitor imaginário representativo das minhas próprias frustrações relacionadas com este hiato forçado! Calminha que isto vai tudo ao sitio.

E pronto, este foi dos longos, mas também já não escrevia há tanto tempo que também mereço esticar-me um bocadinho. Falando mais a sério, queria mesmo escrever este post e ser sincero convosco. Prefiro mostra-vos esta foto (de que me envergonho genuinamente e que tive sérias dúvidas em publicar) e relembrar-vos mais uma vez que também sou um ser humano, com uma vida normal, trabalho a tempo inteiro, contas para pagar e agora um "pigmeu" desdentado e baboso debaixo do braço. Mesmo assim, mesmo quando nos desviamos do objectivo, é sempre possível voltar, o importante é nunca baixar os braços! Eu ajudo-vos se vocês me ajudarem também e juntos havemos de chegar a algum lado... ou isso ou nós vamos com todos os 5 de vós ver o Natal dos Hospitais ;)


12 comentários:

Lua no Deserto disse...

Bem vindo de volta! Não estás sozinho neste regresso após vários percalços. Uma lesão física (e outra mais demorada de curar) fizeram-me regredir quase à minha pior forma de sempre. É impossível uma pessoa não se sentir envergonhada por deixar "isto" acontecer, sabendo o que custou chegar a uma forma aceitável (por mim). Mas às vezes a vida acontece. Resta respirar fundo e voltar à luta.

bolosdamarisa disse...

Olá, gosto especialmente da forma espontânea como escreve, acabo sempre por me rever um pouco nas suas palavras e rir com as suas graçolas.
vou ficar à espera das novidades, para também entrar em Janeiro com vocês nessa etapa. Comecei paleo em Novembro em esta a correr bem. Ainda não noto grandes resultados mas sinto me muito melhor, apenas fixo xô alguma flatulência em prisão de ventre de quando em vez :(
Bjinhos e vou acompanhando as novidades
Marisa

C disse...

Que bom que vocês estão de volta. Também descambei forte e feio e está difícil voltar. É uma dias sim, uns dias não. Estou convosco para janeiro. É estupido, tenho saudades daquele tempo, de como me sentia mais leve e determinada. Parece estupidez ser tão difícil voltar àquela rotina.

Nokas disse...

Conheci este blog na altura em que ficou em pausa, com muita pena minha :-)por isso agora não vou perder a "viagem", venha de lá essa tortura medieval! Ahh e parabéns pelo bebé ;-)

eunicef disse...

Muito bom. Antes demais Parabéns pelo rebento...e sem dúvida são as melhores coisas do mundo :-)
Por aqui a Paleo também parou...engravidei e começou-me a dar as fomes daquilo que faz mal...agora que já nasceu a princesa 1M e meio a coisa ainda não está fácil...não é que desde que ela nasceu que me apetece mesmo comer muesli com Leite leite...Jesus...e sabe-me tão bem.
Talvez em Janeiro embarque convosco outra vez.
Bom ter-vos de volta:-)

Ana Maria Alvarenga disse...

Que bom estares de volta! Não podes deixar em suspense as fãs.

Por aqui, desde 6 de Junho a portar-me impecavelmente (comida e exercício físico, ultimamente nada de pesos, mas nado todos os dias da semana), até que há 2 semanas me perdi a ainda nao me consegui reencontrar. Agora a desculpa é: Dezembro é um mês que há festas de anos e o Natal, não vale a pena agora... vamos ver se ainda enlouqueço e recomeço a viagem contigo já!

O mais importante: a alegria da paternidade! Não há nada melhor! Parabéns mais uma vez! Que sejam muito felizes!

(Também posso escr ver mais que há muito tempo que também não te escrevo!)

A Hortelã disse...

Conheci o blog em finais de novembro quando decidi iniciar paleo, foi uma ajuda imensa tudo o que li e fiquei com muita pena de nao haver atualizações, agora mais descansada serei leitora assídua.
Nao esta a ser fácil lidar com esta falta de hidratos, açúcares e tal, volta e meia caio na desgraça dos frutos secos ( sempre é melhor que comer um bolo, digo eu) mas agora que voltaram vai ser mais facil.
Parabens aos Papás.
Bj

Sem Aditivos disse...

Bem 7 comentários significa que já passámos o Natal dos Hospitais, hehehehe!!!
Vamos a isso então, começar 2017 em grande. Isto de vez em quando fica difícil para todos, seja por períodos maiores como a C e a Eunicef, seja por (sabe-se lá o quê) por períodos mais reduzidos como a Ana Maria Alvarenga. O importante é olhar para a frente e dar a volta. Eu estou cá para vos dar inspiração, mas vocês também estão aí para me ajudar a não perder o foco (outra vez) ;)

Unknown disse...

Bom regresso!!! E essa confissão faz com que nós os mortais seguidores percebamos que afinal é possível e até o mestre tem deslizes e volta à carga!! Parabéns e força. Estamos juntos.

Marta disse...

Welcome back! ainda há poucos dias pensei que seria feito de voçes!! Também estou convosco para o desafio a partir de Janeiro! Tive o meu terceiro filho há 9 meses e está a ser meeesssmooo difícil voltar ao lugar (bem pior do que os anteriores!), por isso, não nos deixes a aguar e vai partilhando novidades! Ah! e parabéns pelo rebento, blábláblá, é mesmo espetacular, blábláblá e sim, a partir daqui a vida vai ser sempre assim (que é como quem diz caótica e cheia de imprevistos) mas é muuuiiitaaa fixe! ;)

Ligia disse...

Oi amigo.Já me ri consigo mas tenho um conselho.Não baixe os braços porque NÃO perde a barriga e ainda por cima deixa cair o pigmeu.Não convêm.Bom Natal.

Isabel disse...

Olá!!
Que bom saber que estão de volta!!
Tal como alguns leitores já comentaram, também descobri o blog praticamente antes de hibernarem (por um bom motivo - parabéns pelo herdeiro!!)
Foram uma grande ajuda.
Obrigada pelas partilhas.
Um beijinho,
Isabel

PUBLICIDADE EXTERNA

Os anúncios em baixo são de publicidade externa e da inteira responsabilidade da Google AdSense, sem qualquer patrocínio do Sem Aditivos.