15/05/15

TOMAR OU NÃO PROTEÍNA EM PÓ... EIS A QUESTÃO!!!



A pedido de várias famílias, incluído avós, netos e respectivos animais de estimação trago-vos hoje uma análise a um proteína em pó, a Isopro97 (da Myprotein... óooobvio). Vamos lá resolver assim à patada a uma série de questões que vão chegar a 180km/h à secção de comentários (é a velocidade máxima que consigo idealizar, nunca andei mais rápido que isto... excepto na minha bicla, antes de me espetar de cabeça a descer um riacho seco... mas acho que isso não conta).
Proteína em pó é Paleo? Não. Proteína em pó é processada? Sim. Proteína em pó faz mal? Depende. Proteína em pó é necessária? Não. Proteína em pó é eficaz? Sim. Devo tomar proteína em pó. Talvez.
Pronto, para quem queria as respostas todas assim à bruta já está, quem não tiver mais que fazer, pode continuar...

De vez em quando lá vem a pergunta "ouve lá, qual é a melhor proteína em pó para eu ficar BICHO", ao que eu já me fartei de responder "proteína em pó não é Paleo e eu não tomo", (tomei em tempos, ainda na "idade das trevas") ao que se segue "tá bem... mas qual é a melhor"!!! Sério???
Fora isso lá andavam os meus amigos nutricionistas (os bons, não são dos Special K), treinadores e "treinadores de bancada" a dizer "ah, estás a ser Paleo religioso, proteína é do camandro"!!! Insultos é que não. Se não podes vencê-los junta-te a eles e para o bem da ciência (ou a parvoíce de um gajo) vamos lá ver o que é que isto faz!

Ora bem, para que serve ingerir proteína (em particular no pós-treino)? Basicamente para "alimentar" o músculo, reparar o menino e prepará-lo mais eficazmente para a tareia que vai levar no dia seguinte. Precisa de ser em pó? Não. Pode ser uma costeleta de novilho, uns bifes de "franga", uma ou duas latas de atum, um lombo de salmão, etc. Mas dizem os nutricionistas (os bons, não são dos da Vaca que Ri) que um batido de proteína, por ser concentrado e liquido, é de digestão mais rápida e de melhor absorção, sendo a viagem até ao músculo mais simples e eficiente.
Então e faz mal? Se for de má qualidade sim, tal como um hambúrguer embalado do super cheio de conservantes e pão ralado não se compara a um SÓ de carninha de vaca, na proteína em pó também é preciso ter cuidado com a qualidade (e todos nós sabemos que o barato sai caro).
Em termos de praticidade, sou forçado a concordar que para quem treina fora de casa, ou em horários muito espaçados entre refeições, é mais fácil do que levar uma tupperware com ovos cozidos para o ginásio e ficar sentado no banco do balneário a enfardar aquilo à pressa, enquanto o "vizinho" do lado se seca de rabo desnudado a 50cm da nossa cara. Para a malta como eu, que treina em casa ao final da tarde, pode facilmente jantar a seguir ao treino, naquela "janela" de 60 minutos de que tanto se fala, e recuperar o Sr. músculo com papinha de verdade. Parece-me mais saudável... mas é indiscutivelmente menos eficaz.

Mas vamos lá ao que interessa, critérios de escolha!!! Como disse acima, não há maneira nenhuma de Proteína em pó ser Paleo, não me lixem. "Ah, mas diz que vem de vaquinhas alimentadas de pasto e coiso e tal"... primeiro é obviamente processada! É um pó e todos sabemos que não é uma vaquinha seca ao sol e macerada com carinho pela Ti Gilda enquanto canta o Grândola Vila Morena. Segundo tem obviamente aditivos!!! Mas tudo o que eu como (ou que vos aconselho a comer) é Paleo e totalmente sem aditivos (pun intended)? Não.
Falei com um amigo meu que trabalha na Myprotein (olha eu a colocar-te na berlinda Fred) e perguntei-lhe qual era a proteína mais "pura", com menos trampa, menos "hidratos" e já agora que não tivesse aquele sabor característico ao interior das botas de um babuíno sul-africano acabado de fazer corta mato pela Serra de Sintra.

O Fred apresentou-me três ou quatro escolhas e tal e qual a Filipa a olhar para uma montra de sapatos... escolhi a mais cara, a Isopro97 :P
Mas não foi só porque precisava mesmo de umas sabrinas azuis. Enquanto um produto de qualidade apresenta uma concentração de proteína entre os 80 e os 90% por toma, esta apresenta 97%... Boa cena.
Se escolherem sem sabor (acham que emborcam um batidozinho de "cookies and cream" e que aquilo vem puro como água da fonte, nope) os ingredientes são apenas proteína extraída do soro de leite, sendo a única "trampa" adicionada um emulsionante à base de lecticina de girassol. Para além disso não contém lactose, o que significa que não há gases para ninguém (quem já tomou proteína em pó sabe do que eu estou a falar... vocês sabem). Impecável.
Hidratos? ZERO... zerinhos!!! "Dos quais açúcares"... NAAAADA (na versão sem sabor, claro). Acho que aqui só preciso de dizer... baril.
Diz ainda que contém BCAA (Branched Chain Amino Acids), que diz que ajuda bastante à recuperação muscular (são coisas que "eles" dizem, disto não percebo nada). Uaaaaauuuuu.

E agora a parte importante. Funciona? Ora bem, os meus amigos nutricionistas (os bons, não são dos da bolacha Maria) dizem que sim.
E eu, notei diferenças? Sim! Não fiquei bicho, mas a treinar em casa também não esperava ficar. Não levanto grandes cargas, só ando a tomar isto há dois meses e não tomo todos os dias (só a seguir aos treinos e uma toma por dia). Deixo-vos aqui um "antes e depois" para que decidam por vocês :D




Considerações finais... A Isopro97 não é a mais barata (o menino tem gostos finos), mas será das melhores do mercado (é com certeza a melhor da Myprotein), é fácil de misturar e a versão sem sabor bebe-se muito bem (sabe exactamente a... nada, parece que o babuíno lavou as botas com sabão macaco... pun intended, again), cai bem no estômago (obrigado por não estares presente lactose) e é obviamente muito prática para quem quer "enfiar" rápida e eficazmente a sua dose de proteína a seguir ao treino. Se treinarem por casa, um jantarzinho à maneira é capaz de resultar igualmente bem, se treinarem fora e quiserem uma maior eficácia, embora não seja Paleo, it's next best thing ;)

É só seguir o link: http://bit.ly/isopro97

12 comentários:

Carla disse...

parte o coco a rir com as tuas crónicas. stá demais mesmo! Concordo plenamente, mas que é prático lá isso é! um dia experimento

António Barroso disse...

Essa faz cair os pelos do peito ?

António Barroso disse...

Bom texto :)

Anónimo disse...

Alguem me sabe dizer se essa proteina tem caseina?

Sem Aditivos disse...

Obrigado Carla, é para aí que eu tento apontar :P

Sem Aditivos disse...

Parece que não António, continuam todos cá :P

Sem Aditivos disse...

Julgo que não "Anónimo", mas posso tentar saber.

Anónimo disse...

Sem aditivos, se puderes saber isso agradecia.. ;)

Anónimo disse...

Pode-me dar alguma informação sobre benefícios e contra indicações de caseina

Anónimo disse...

Ola,
Um esclarecimento, se possivel: Pó de proteina e proteina em pó são a mesma coisa? Pergunto isso pois no livro do Dr.Atkins tem receitas que usam pó de proteina, porem sem dar maiores detalhes. Daí fico em duvida! grata, Daila

Sem Aditivos disse...

Exactamente a mesma coisa Daila ;)
Beijinho!

Anónimo disse...

Olá. Bom texto. Gostei de ler. A minha pergunta é : Este tipo de batidos altera muito o corpo da pessoa? Ou apenas altera consoante o trabalho que faz no ginásio/casa?
Obrigada.
Babi

PUBLICIDADE EXTERNA

Os anúncios em baixo são de publicidade externa e da inteira responsabilidade da Google AdSense, sem qualquer patrocínio do Sem Aditivos.