18/03/15

ENTÃO E O QUE É ISSO DO ÓLEO DE COCO?




Hoje vamos falar de um menino que é considerado como um elixir para a saúde eterna da Dieta Paleo, o óleo de coco. Quando se fala em "super-alimentos" costumo ser mais desconfiado que uma suricata africana (quando se mede 50cm de altura no meio da Savana há que ser cuidadoso) e acredito mais no consumo de uma variedade de coisas boas do que nas características "milagrosas" de uma só, no entanto, tal como o Omega 3 ou os ovos, relativamente ao óleo de coco a minha opinião é um pouco diferente!!! Continuem a ler...

São raros os alimentos em que podemos ver a diferença ao tomar. Ainda recentemente fiz um post sobre o omega 3 e embora fale das imensas vantagens do senhor, a realidade é que é difícil perceber os efeitos directos no organismo! Tenho de acreditar naquilo que me dizem os nutricionistas e profissionais de saúde em que confio e estar atento a pequenas modificações no meu organismo. Mas é quase uma questão de fé, coisa que normalmente não joga muito bem comigo, sou mais do género "ver para crer".
Com o óleo de coco tive uma experiência totalmente diferente, mas antes de ir por aí vamos então enunciar as supostas vantagens deste nosso amigo.

Quando se fala em ingestão de gorduras na Paleo o óleo de coco está sentadinho no podium com a medalha de ouro ao pescoço e duas brasas a massajar-lhe os ombros. 
Sendo 90% gordura saturada (daquela boa, mesmo boa, não é como a tua mãe) é extremamente rico em trigliceridos de cadeia média (daqueles bons, mesmo... vocês já sabem o resto) e ácido laurico. Segundo parece, ao ser ingerido segue directamente para o fígado e é imediatamente transformado em energia e corpos cetónicos. Os corpos cetónicos são uns amigos que só aparecem quando submetemos o nosso organismo a uma dieta cetogénica (uma espécie de Paleo muuuuuuito low carb, daquelas em que nem entra fruta), responsável por perdas de peso mais aceleradas e associada à melhoria dos sintomas de um sem número de doenças como a epilepsia ou o Alzheimer. Aparentemente, o óleo de coco "força" o aparecimento deste corpos automaticamente, o que acaba por fazer dele também um termogenico, ou seja, mantém o nosso corpo a "carburar" mais tempo e subsequentemente a queimar a nossa reserva de gordura sem termos de fazer muito por isso.
Para além desta entrada a pés juntos de vantagens, ainda dizem que o senhor é anti-bacteriano, anti-inflamatório, anti-viral, ajuda a nivelar o colesterol aumentando o bom e reduzindo o mau, ajuda a reduzir o apetite (que em conjunto com o que se disse em cima se torna um simpatico aliado na perda de peso), melhora a qualidade da pele e do cabelo, tanto ingerido como aplicado directamente, tipo creme e ainda pode ser utilizado como elixir bucal!!!!

Ora bem, antes de fazer este post usei disto como se não houvesse amanhã até perceber se realmente faz diferença ou não e destas características todas quais é que posso "apoiar" através da minha experiência...

- Reduz efectivamente o apetite e aumenta a energia. Esta experiência foi fácil. Sempre fui de ter larica ao pequeno-almoço (FOOOME mesmo). Nos dias em que não há tempo para nada resolvi experimentar dissolver uma colher de sopa de óleo de coco no café e heis senão quando a fome reduzia drasticamente e eu aguentava-me melhor até ao almoço do que com uma simples chávena de café. É igual a comer uma pratada de ovos com bacon? Não. Mas nota-se claramente a diferença e passou a fazer parte do meu ritual matinal. "Uma colher por dia, não sabe o bem que lhe fazia" :P

- Melhora a pele e o cabelo. Este foi para mim impressionante, especialmente porque o aplico directamente tipo creme. Toda a minha vida fui "rosadito", aquela bochechinha tipicamente saloia de muita geração a beber tinto ao acordar. Isso significava uma pele sensível que escalda com facilidade ao sol e tem tendência a secar, criar borbulhas e gretar no Inverno. Isso melhorou 200%!!! À temperatura ambiente (excepto no pico do Verão) este óleo apresenta-se sólido, mas basta esfregar um pouco nas palmas das mãos para ficar líquido. Passei a envolver as mãos nele, depois a cara e finalmente passo um bocado no cabelo e na barba, dá-lhe um ar brilhante e bem mais natural do que gel. De inicio é complicado controlar a quantidade para não parecer que enfiamos a cabeça num balde de azeite (acreditem... não é um bom look), mas insistam que com o treino vai-se lá. Resultado? As minhas mãos não gretaram uma vez que fosse este Inverno, nada de borbulhinhas na cara (só daquela grandes, à homem) e a vermelhidão reduziu significativamente (mas não desapareceu que eu continuo saloio de gema... passa o tinto).

O resto das características não consigo dar relatos na primeira pessoa (o meu colesterol bom é alto e os trigliceridos baixos, mas acho que isso é um resultado global da dieta e não só deste menino, mas também há-de ajudar à festa), mas atribuo a melhoria da pele ao facto se ele ser supostamente, anti-bacteriano e anti-inflamatório. 
Só estas já me chegam para lhe conceder a minha fé e integrá-lo na minha rotina diária. Normalmente coloco uma colher de sopa na minha chávena de café matinal, mas também é bom junto com manteiga de amêndoa e uma banana, ou usado como gordura para cozinhar uns ovos nos dias em que não como bacon!

Um situação importante é que o comprem virgem e orgânico, nada de porcarias refinadas. Para além da manteiga de amêndoa e do omega 3, esta foi outra das razões pelas quais aceitámos a parceria com a Myprotein, eles têm um Óleo de Coco virgem, 100% orgânico certificado, de excelente qualidade/ preço, o COCONPURE, do qual ainda não tinha falado porque queria experimentar durante uns tempos, para vos dar a minha opinião informada. 

Classificação final? O melhor que já comprámos, sem dúvida alguma!!! Basta seguir o LINK ;)

8 comentários:

Anónimo disse...

Boas noites ao casal Sem Aditivos... lá me fartei eu de rir, como habitualmente, com as tuas publicações e penso mesmo k é desta k me convenceram a comprar o dito óleo de côco... não sou saloia, mas tbém tenho os mesmos "problemas" com a pele do rosto. Obgda Jorge. Pipoca Linda.

Vitor Ferreira disse...

Boa tarde,

Post muito pertinente - obrigado! Pergunto: usas o mesmo óleo da myprotein para aplicar na pele ? Faço esta pergunta pq no separador 'uso sugerido', no site da myprotein, não consta esta vertente de uso.

Votos de sucesso para que continuem com esta excelência de conteúdos.

Saludos :)

Cláudia disse...

Olá 😊 eu também adoro o óleo de coco no café e confirmo totalmente a parte de diminuir a fome!
O que achas da farinha de batata doce para fazer pão? Já fiz várias outras versões mas nada que gostasse mesmo. Já experimentaste?
Cumprimentos

Sem Aditivos disse...

Hehehehehehe!!! Obrigado Pipoca, eu tento ser sempre o mais parvo possível... e acho que consigo :P

Sem Aditivos disse...

Obrigado Vitor :D
Sim uso, sabes que isto é um produto tão "fora da caixa" que nem eles sabem muito bem qual é a extensão de utilização dele!!!
Mas não te preocupes, é comestível e não tem um único químico, por isso parece-me perfeitamente seguro :P
A minha pele e cabelo pelo menos têm reagido lindamente.

Sem Aditivos disse...

Olá Cláudia. Farinha de batata doce nunca usei, mas eu essa menina só gosto dela assada ou cozida :-/
Como tem um sabor muito particular, sempre que tentamos cozinhar com ela (em puré, ou sobremesas), sinto demasiado o sabor!
Nós pão Paleo acabamos por comer muito pouco, já estamos habituados à nossa rotina de sopa ou ovos, hehehehehe. Quando comemos é quase sempre o de banana ou o de frutos secos!

Anónimo disse...

Meio fora do tópico mas já que se falou nisso, relativamente à batata doce o que faço muito são bolos de batata doce. Batata doce, ovos, coco ralado/farinha de coco/farinha de amendoa (chego a misturar as 3 coisas de acordo com o que tenho em stock), o bom do oleo de coco (myprotein também) e tá feito. Posso adicionar ou umas poucas nozes ou então chocolate (85% cacau) partido.
Oleo de coco no chá também sabe a pato!

Sem Aditivos disse...

Um dia destes experimento "Anónimo", só para ter a certeza relativamente à batata doce em bolos :P
Essa do óleo de coco no chá é que me parece de sonho!!!

PUBLICIDADE EXTERNA

Os anúncios em baixo são de publicidade externa e da inteira responsabilidade da Google AdSense, sem qualquer patrocínio do Sem Aditivos.