05/10/14

MINI-PIZZAS PALEO


Eu sei que já aí tínhamos a receita da Paleo Pizza com base de couve-flor, mas não ficámos contentes. Demorava muito tempo a fazer e não era nada prática. Voltámos "ao estirador" e depois de muita tentativa e erro surgiu-nos a solução após uma receita de base de tarte falhada, hehehehehe!!! Senhoras e senhores... as mini-pizzas paleo...

Ingredientes (4 a 5 mini-pizzas):

massa:
- 100g de farinha de amêndoa (ou amêndoa pelada triturada)
- 150g de farinha de tapioca (nós compramos umas bolinhas e trituramos na Bimby)
- 4 colheres de sopa de azeite
- 4 colheres de sopa de água quente

molho:
- azeite
- ½ cebola picada
- 1 dente de alho picado
- 1 tomate maduro cortado em pedaços
- 2 colheres de sopa de polpa de tomate
- ½ jindungo
- manjericão fresco, oregãos secos, sal e pimenta a gosto

toppings:
(o que quiserem, estes são os que utilizámos na foto)

1 mão cheia de tomate cherry
- 2 figos
- 4 fatias de presunto
- 2 fatias de bacon
- 1 "bola" de mozarella de bufala fatiada
- queijo mozarella ralado a gosto
- manjericão e oregãos secos a gosto
- uma pitada de sal e pimenta

Preparação:

Massa: Juntar a farinha de amêndoa, de tapioca, o sal e misturar (se tal como nós usarem amêndoas inteiras e tapioca às "bolinhas", juntem isto tudo no processador e triturem até fazer farinha). Juntar o azeite, misturar, juntar a água quente e misturar novamente. 
Colocar a massa numa tábua de cozinha e amassar durante 1 minuto formando uma bola grande no final. Tapem a bola com um pano dentro de uma taça e vão retirando bocados (4 ou 5) e amassem-nos 30 segundos formando pequenas "bolas de golfe".
Espalmem as bolas em pequenos discos e levem a uma frigideira sem gordura, mais ou menos 30 a 60 segundos de cada lado, até ficarem estaladiças. Reservem.




Molho: Fazer um refogado com o azeite, cebola e alho e assim que estiver dourado adicionar o tomate e a polpa. Temperar com os restantes ingredientes e cozinhar 10 minutos em lume brando, sempre a mexer. No final podem passar com a varinha mágica se acharem necessário.

Toppings: Aqui devem usar a vossa imaginação (dentro das regras, claro), sendo que os únicos cuidados que devem ter são não colocarem alimentos que libertem demasiada água, ponham pouca coisa para que a massa não fique mole debaixo de um quilo de toppings e tenham a atenção de cozinhar previamente o que não deve ser comido cru, ela vai estar pouco tempo no forno.
Neste caso cortámos a "bola de mozarella" em fatias, os cherry ao meio, os figos em cunhas (lavados e com casca) e seguiu tudo cru.




Preparação final: Barrem os discos de massa com o molho. Espalhem bem de maneira a que ainda se veja o fundo.
Coloquem os toppings. A nossa ordem foi o molho e mozarella ralada para todas, os toppings principais (presunto e figos em duas, mozarella fatiada e cherry noutras duas e uma fatia de bacon noutra), as ervas secas, sal e pimenta para terminar.
Vai ao forno cerca de 20 minutos a 170º, até verem o queijo derretido e os toppings "cozinhados". Controlem para não queimar. 

Ficou de sonho damas e cavalheiros!!! Quatro ou cinco mini-pizzas (sendo que a quinta, a de bacon, foi mesmo um restinho de massa, hehehehe) do melhor. Até dava para pegar na mão tipo fatia sem se desfazer toda :P

12 comentários:

Jorge Marinho disse...

Porquê mini-pizzas? A massa não se aguenta em formato de pizza normal (maior),ou foi opção vossa? x)

Josefina disse...

Obrigada pelas receitas. Hoje fiz as panquecas que são uma delicia, apenas cortei na quantidade de ovos e ficaram muito boas, tb não fiz as 8 é claro.
Vou experimentar as pizas.

Sara Amor disse...

Tem mesmo de ser farinha de tapioca, não pode ser de arroz ou milho?

Sem Aditivos disse...

Vou tentar fazer três em um, hehehehe!!!

Jorge, certíssimo, não nos pareceu que a massa tivesse consistência para aguentar uma pizza inteira. No entanto acabou por ser interessante porque conseguimos fazer vários toppings sem mistura de sabores :P

Josefina, obrigado, espero que gostes igualmente das mini-pizzas ;)

Sara, o milho está totalmente fora da dieta Paleo por ser um poderoso inflamatório (é por isso que é a base da maioria das rações, não nada melhor para aumentar o volume a um animal em pouco tempo), o arroz também, mas encontra-se dentro da categoria que menos me incomoda. No entanto se estiveres em perda de peso, embora a tapioca não seja muito leve também, a farinha de arroz é desaconselhada. Já se estiveres a querer engordar ou em manutenção de peso é menos mau, mas prefiro a tapioca, é mais "ancestral" :)

E já está, com direito a "smiley face" a cada um :D

Sara Amor disse...

Obrigada! :)

ines dinis disse...

Onde encontro polpa de tomate sem aditivos?

Sem Aditivos disse...

Não é fácil Inês! Cheguei a encontrar em tempos mas já não me recordo onde :-/
Ou fazemos em casa ou aqui damos uma "facadita" de vez em quando e usamos uma menos má :P

mariska disse...

Olá!!

É possível fazer com polvilho? Obrigada :D

Sem Aditivos disse...

É sim Mariska ;)

Di disse...

Sabem onde posso encontrar polvilho? No outro dia não havia no celeiro. Obrigada

Di disse...

Sabem onde posso encontrar polvilho? No outro dia não havia no celeiro. Obrigada

Sem Aditivos disse...

Já cheguei a comprar no Continente Di!

PUBLICIDADE EXTERNA

Os anúncios em baixo são de publicidade externa e da inteira responsabilidade da Google AdSense, sem qualquer patrocínio do Sem Aditivos.