23/01/14

POR ONDE COMEÇAR... MOTIVAÇÃO E OBJECTIVOS - PARTE 2


Em primeiro lugar, obrigado Manel Gomes por uma das piores montagens de que já fui alvo... o Jhor foi das prendas de aniversário mais idiotas que já recebi!!!
Bem, já cobrimos o essencial da motivação na PARTE 1, vamos às outras... atenção, algumas destas sugestões poderão parecer idiotas e ridículas... porque eventualmente serão... e depois? São para praticarem em privado e vocês sabem perfeitamente como são ridículos em privado... não? Sou só eu?

Vamos lá então ao primeiro conselho ridículo. Arranjem um exemplo, um role model. Podem arranjar um real e um... menos real!!! No meu caso, o real, foi estar numa festa de anos, com o meu mono-abdominal protegido a pneu, a falar com um amigo totalmente em forma (não vou dizer quem é para o sacana não ficar convencido) e a pensar para mim próprio "Sou deprimente, isto vai ter de mudar". 
O menos real foi (e agora sim vou expor-me ao ridículo) quando vi o Thor... é verdade. Quando aquele animal tirou a t-shirt eu pensei "Deprimente? Eu sou um verme, isto vai MESMO ter de mudar". 
Como se pode comprovar pelas minhas fotos (que não inclui a magnifica montagem que ilustra este post) eu ainda não sou o Thor e é pouco provável que lá chegue ("aquilo" não é definitivamente normal), nem sequer estou tão "bombado" como o amigo de que falei. Mas isso deixou de ter importância, porque já me sinto bem comigo próprio! No entanto, quando estou mais desmotivado, ainda penso "se me desleixo aquele sacana (e o Thor) vão deixar-me deprimido outra vez... vamos lá então". Parece ridículo... mas resulta!!! O que eu quero dizer com isto é que é produtivo ambicionarmos algo. Se quando estudava sonhava em ser um Arquitecto como o Souto Moura (que ainda não sou, mas está quase), porque é que o Thor há-de ser assim tão descabido? 

Segundo conselho ridículo? O "mantra", uma prática comum de quem é adepto de yoga.
Espiritualidades à parte, o "mantra" é basicamente uma frase que repetimos ininterruptamente em situações chave, pode ser na nossa cabeça ou em voz alta (cuidado onde o repetem em voz alta... tentem não ser internados).
Eu tenho duas muito simples que resultam incrivelmente bem "não vais desistir, vais conseguir, não vais desistir, vais conseguir..." ou "não te vai saber tão bem como tu pensas, não te vai saber tão bem como tu pensas...". 
Primeira reacção de quem estiver a ler, "isso é ridículo, que parvoice, repetir coisas na cabeça, nunca vai resultar", não? Pensem lá bem. Há um mantra que o vosso cérebro faz automaticamente "nunca vou conseguir, isto é impossível, nunca vou conseguir, isto é impossível..." e resulta às mil maravilhas... da pior maneira possível. Se há indivíduos com mais de 70 anos a fazer Crossfit não me venham dizer que é impossível, tenham juízo...  e falem convosco próprios, vai ajudar :P

Terceiro e ultimo? Sejam vaidosos/as. Tirem fotografias com regularidade (pode ser só para vocês), a selfie é uma potente arma de auto-confiança. Vão catalogando as mudanças e vejam-nas com frequência. 
Ao principio pode não ser fácil, mas em vez de pensarem "ainda estou tão mal" mudem o disco para "já estou bem melhor". Comprem roupa nova, façam poses ao espelho, acabem um exercício e em vez de se curvarem com queixumes endireitem as costas e "façam músculo", vão ver que ser parvo é de longe mais agradável que derrotista... não? Sou só eu?

5 comentários:

Anónimo disse...

Já há um senhor com 100 anos a praticar crossfit ;)

https://www.youtube.com/watch?v=hu7M3rJu0r4

Sem Aditivos disse...

Hehehehehehehe!!! Já estou desactualizado ;)

dietaparatotós disse...

Tenho que partilhar que soltei umas quantas gargalhadas pelo Thor! Eu tenho algo semelhante mas não vim para me envergonhar.
Parabéns pelo excelente trabalho!

Gabriela Dal Toé disse...

Tens uma fã aqui no Brasil! Você é demais, seu texto me diverte e inspira! Um beijo da pátria irmã (risos)!

Sem Aditivos disse...

Hehehehehe, obrigado Gabriela, grande beijinho para o outro lado do Atlantico ;)

PUBLICIDADE EXTERNA

Os anúncios em baixo são de publicidade externa e da inteira responsabilidade da Google AdSense, sem qualquer patrocínio do Sem Aditivos.