03/12/13

E SE EU QUISER “ENGORDAR”? - OS ECTOMORFOS


Andamos aqui preocupados em perder peso e depois há malta que quer ganhar!!! E se vos disser que quem quer perder tem mais sorte? Este post não é só para os magrinhos, é para os desportistas e também para quem quer emagrecer, sempre ficam a saber mais alguma coisa! Se ainda não leram vejam primeiro o post QUE TIPO DE CORPO É O MEU?

Quem quer perder peso não se queixe, 90% das vezes, é uma questão de vontade e dedicação... já ganhar é outra fruta. Para um ectomorfo é uma saga. Porquê? Porque enquanto que para emagrecer fechar a boca poderá sempre resultar, para engordar há que recorrer a comportamentos “anormais”

Em primeiro lugar vou explicar as aspas do “engordar”. Não conheço ninguém que queira ficar gordo (só o Robert De Niro no Touro Enraivecido). Eventualmente poderão querer aumentar a massa muscular, mas não querem com certeza ganhar um “pneuzinho”.
Isto significa não “soltar a franga” na pastelaria, não vai resultar nada bem! Tal como expliquei no ultimo post isso só vai fazer com que acumulem gorduras desnecessárias, celulite e que comecem a coleccionar problemas de saúde! A mesma coisa relativamente ao exercício. Lá porque não engordam não significa que não precisem de treinar.
Qual é a solução então? Depende dos objectivos. Neste post e nos próximos sobre este assunto vou definir dois objectivos tipo, ficar “bem” e ficar “óptimo”. Vamos a isso.

Ficar “Bem”: Significa não ter gorduras inestéticas em excesso, procurar estar saudável, mas ficarem resignados à vossa condição de ectomorfos, magros mas com bom aspecto. Para isto não são precisas grandes dicas, basta seguirem o Sem Aditivos (sim o Paleo também é para vocês) e fazerem algum exercício físico (aquilo que vos divertir mais) e estão porreiros. Se se sentirem bem o que vos interessa serem menos pesados? No vosso caso desconfio que com um pouco de esforço ganham alguma definição muscular na vossa estrutura magra e perdem a barriga rápido.

Ficar “Óptimo”: Aqui é que a coisa fica divertida. Significa ficar musculado e definido. Os ectomorfos têm alguma sorte, porque com dedicação, devido à baixa percentagem de gordura que naturalmente têm, conseguem ficar melhores que um mesomorfo. Um exemplo? Brad Pitt, um ectomorfo famoso!!! Vão ter no entanto de contrariar a vossa homeostase. Vamos lá às dicas:

- Comer mais. Esta é logo difícil. Todos pensamos que comemos “o normal”. Se querem ganhar peso têm de fazer um esforço para aumentar as porções para além do que é costume.

- Maior liberdade nos hidratos. Têm essa benesse, fruta à vontade e um free pass na batata branca. Um arroz de vez em quando (ao almoço de preferência) também não vos mata, mas cuidado com os molhos. Não abusem, senão o pneu volta.

- Proteína a todas as refeições principais. Deve ser ingerida ao pequeno almoço, almoço, jantar e pós-treino. Ao pequeno almoço ovos são uma excelente opção, ao almoço e jantar, carne, peixe ou marisco como de costume e no pós-treino uma lata de atum por exemplo (proteína em pó se preferirem). Num intervalo de 30 minutos antes ou depois do treino ajuda bastante ao desenvolvimento muscular. Se quiserem adicionar uma batata cozida à lata de atum não há problema. Também têm a preferida da malta do ferro, frango com arroz branco a seguir ao treino (lembram-se dos comportamentos “anormais”).

- Apostem nas gorduras. Comam peixes gordos como salmão, sardinhas ou cavala, ataquem a picanha e as costeletas de borrego com gordura, frutos secos a 2 ou 3 mãos cheias ao dia, façam mais fritos com azeite que cozidos e se gostarem, de vez em quando umas colheres de sopa de leite de coco também podem ajudar. O cuidado a ter aqui é suplementarem com uma ou duas cápsulas de Omega3 por dia para equilibrar o vosso rácio de Omega6/ Omega3, principalmente por causa dos frutos secos.

- Comer várias vezes ao dia. A mim parece-me mais eficaz para ganhar que para perder. Não pode no entanto comprometer as refeições principais. Deve-se comer mais às principais e entre essas é um extra. Fruta (banana por exemplo) e frutos secos são excelentes opções e o lanche a seguir ao treino é indispensável. Também podem comer antes de ir para a cama, algo que os endomorfos devem evitar.

- Treinar de acordo com o vosso corpo. Muito importante. Nada de correr ou andar de bicicleta. O treino cardiovascular de resistência consome imensa massa muscular, já olharam bem para o físico de um maratonista ou de um ciclista? O que se quer é treino de força. Ferro pessoal, ferro com cargas altas e poucas repetições (sim, para as meninas também*). Se pegarem no treino de iniciados façam-no nas calmas e aumentem as cargas de maneira a fazerem só 8 a 10 repetições. Não quer dizer que se gostarem mesmo de correr ou andar de bicicleta não o possam fazer. Façam-no uma vez por semana no máximo e sem loucuras.

E aí está! Não vai ser fácil, como já disse é bem mais difícil ganhar que perder. Mas se quiserem mesmo são estes os meus conselhos. Dentro de pouco tempo virão as dicas para os outros tipos de corpo. Vão ver que mesmo com pessoas de tipos corporais diferentes a viver na mesma casa as refeições não têm de alterar muito.

*Meninas, mais uma vez, “fazer ferro” não vos vai deixar mais masculinas e se virem que estão a ficar demasiado musculadas não se preocupem, perder definição muscular é facílimo, difícil é ganhar ;)



4 comentários:

Susana disse...

Olá.
Até que enfim, alguém repara que existe quem não queira, de modo algum, emagrecer!
Tudo isto me faz muito sentido, mas eliminar os hidratos de carbono todos quando tenho (e sempre tive) falta de peso, embora seja comum devorar queijo da serra e outros de tipo artesanal, não me parece que vá resultar muito bem comigo...
É verdade que muito raramente como «porcarias», mas quem me tira a minha sopa com feijão, grão, outra leguminosa ou batata e o arroz ou outro acompanhamento do prato, acho que me mata à fome. Acho que o melhor para mim é mesmo comer o que me apetece dentro da categoria «não processado», claro, e tentar variar a alimentação. Não ganho peso, mas, pelo menos, não perco, sinto-me bem e não ando cheia de fome a toda a hora.
E não gosto de ir ao ginásio...

Sem Aditivos disse...

É verdade Susana, é aliás bem mais complicado ganhar que perder!!!
Mas acho que estás a fazer tudo bem, eu também aconselho neste artigo a batata e o arroz para quem quer ganhar peso e nos dois artigos que mando link em baixo também manifesto o meu "apoio" a alguns alimentos não paleo que podem ajudar nessa caminhada.
De resto parece-me que a tua atitude é perfeita, o teu "normal" é ser magra, há que assumir isso ;)

http://www.semaditivos.com/2014/07/6-coisas-nao-paleo-que-nao-me-chateiam.html
http://www.semaditivos.com/2014/07/6-coisas-nao-paleo-que-nao-me-chateiam_27.html

Matheus Gamer disse...

Legal o post, mas vou lhe fazer uma pergunta. Quanto tempo demora para um ectomorfo começar a ver resultados seguindo esses conselhos? Obrigado.

Sem Aditivos disse...

Ui Matheus, não consigo responder a essa pergunta!!! Os conselhos que dou são genéricos, mas obviamente cada metabolismo é único e irá reagir de modo diferente a estímulos iguais. Posso garantir que não é um percurso fácil, é nadar contra a corrente, já que um ectomorfo terá sempre tendência para ser magro.
O que posso (quase) garantir é que um ectomorfo puro, seguindo estes conselhos e sendo regular no exercício fisico, pode não ficar muito grande, mas chega um mês ou dois para ficar bem "rasgado" (inveja) ;)

PUBLICIDADE EXTERNA

Os anúncios em baixo são de publicidade externa e da inteira responsabilidade da Google AdSense, sem qualquer patrocínio do Sem Aditivos.